Header

Água Benta

Você já experimentou o maravilhoso poder da água benta? Em 2009 a Associação Católica Nossa Senhora de Fátima ofertou aos seus amigos e benfeitores um frasco contendo água benzida pelo Pe. Lourenço Ferronatto, de acordo com o cerimonial prescrito pela Igreja Católica.

A água benta é um sacramental que proporciona aos fiéis inúmeros benefícios espirituais, e corporais também. Por exemplo, fazer piedosamente o sinal-da-cruz com água benta afugenta os demônios, obtém o perdão dos pecados veniais, pode nos livrar de acidentes e até mesmo nos curar de doenças.

Cartela_Agua Benta_Frente.jpg

Podemos e devemos usar a água benta nas dificuldades de nossa vida diária, para afastar o desânimo, a depressão e as tentações do pecado.

Quando o marido ou a mulher sente alguma irritação, quando surge uma discussão mais acalorada entre os dois e se quebra a paz do lar, quando um ou outro perde a paciência com um filho ou um neto e daí surge uma briga: em ocasiões como estas, devemos fazer o sinal-da-cruz com a água benta, para afastar as tentações de discórdia e recuperar a paz da família.

Infelizmente, incontáveis católicos, até mesmo leigos instruídos e comprometidos, não conhecem o verdadeiro significado e valor da água benta. A maior parte das pessoas, ao entrar na igreja, molha a ponta dos dedos na pia de água benta e faz o sinal-da-cruz de um modo automático e sem pensar... O mesmo ocorre nas Missas solenes, quando o padre abençoa e asperge o povo com a água benta.

O principal efeito da água benta é afastar o demônio que nos apresenta a tentação para o mal e para o pecado. São Pedro, o primeiro Papa, já advertia os fiéis daquela época:

“Sede sóbrios e vigiai. Vosso adversário, o demônio, anda ao redor de vós como um leão que ruge, buscando a quem devorar” (I Ped 5,8).

A ação misteriosa e sinistra dos espíritos malignos tem como principal objetivo nos fazer cair no pecado grave, que conduz ao inferno. Para isso eles empregam todos os recursos. Às vezes, por exemplo, provocam em nós um sem-número de incômodos físicos ou psicológicos, que nos deixam desanimados e deprimidos, sem vontade de praticar o bem.

Outras vezes, são pequenos incidentes, em nosso dia-a-dia, que criam atrapalhações sem razão de ser. Por exemplo, na hora de cumprir um dever ou praticar um ato de caridade, a gente sente um inexplicável mal-estar, uma estranha dor de cabeça...

Ou então é o marido que, sem nenhum motivo, fica irritado com a esposa, ou vice-versa, e daí começa uma briga e vai-se embora a paz do lar. Muitas vezes é o pai, a mãe ou a avó que perde a paciência e repreende aos gritos o filho ou o neto, em vez de chamar a atenção com doçura. A criança ou o adolescente se revolta, sai de casa batendo a porta... e está criado um problema!

Uma tentação frequente ocorre aos domingos quando, sem mais nem menos, nos “bate um cansaço”, deixando-nos com uma preguiça enorme e com vontade de ficar em casa sem fazer nada... e não ir à Missa...
Essa e outras tentações podem ser evitadas com um simples sinal-da-cruz, feito com a água benta e acompanhado de uma oração pedindo o socorro da graça divina.
Cartela_Agua Benta_Oracao.jpg
O conhecido livro “Tesouro de Exemplos” conta o fato de uma criança muito doente que ficou imediatamente curada ao receber a bênção de São João Crisóstomo com água benta. E nos relatos da vida do Padre Pio conta-se que ele salvou toda uma plantação de uma praga de lagartas, fazendo em direção a ela o sinal da cruz e jogando água benta.

A água benta também pode ser usada em proveito de pessoas que estão distantes de nós. E mais, cada vez que a utilizamos para fazer o sinal-da-cruz, na intenção das almas do purgatório, elas são aliviadas dos seus sofrimentos.

De onde vem esse poder maravilhoso da água benta?

Vem do fato de ser ela um sacramental instituído pela Santa Igreja Católica. O sacerdote benze a água em nome da Igreja, na condição de ministro de Deus.

É importante lembrar que, para ser verdadeiramente água benta, ela precisa ser benzida pelo sacerdote segundo o cerimonial prescrito pela Igreja, no “Ritual de Bênçãos” e no “Missal Romano”.

Mas o que é um sacramental?

Sacramental significa “algo semelhante a um sacramento”. Mas há uma grande diferença entre um e outro. Os sacramentos foram instituídos por Nosso Senhor Jesus Cristo, e são apenas sete (batismo, crisma, eucaristia, confissão, unção dos enfermos, ordem e matrimônio). Já os sacramentais são instituídos pela Igreja, que pode aumentar o seu número, se julgar conveniente para o bem das almas.

Os sacramentos têm o poder de produzir a graça santificante pelo próprio fato de serem administrados validamente. Os sacramentais conferem apenas uma graça auxiliar, pelo poder das preces da Igreja, e seus efeitos dependem das boas disposições de quem os recebe. Um efeito muito importante dos sacramentais é o de preparar a alma para receber a graça divina e ajudá-la a cooperar com ela.

Além da água benta, são sacramentais os objetos de piedade consagrados pela Igreja. Por exemplo: velas, palmas, crucifixos, medalhas, terços, escapulários, imagens do Senhor, da Virgem e dos santos. São sacramentais também as diferentes bênçãos e exorcismos concedidos pela Igreja através de seus bispos e sacerdotes.

Quando usamos com devoção um sacramental, nos colocamos sob proteção da Igreja. Entretanto, devemos ter uma disposição interior de amor e confiança na Divina Providência para que o sacramental seja eficaz.

É muito conveniente ter sempre consigo a água benta para usar em qualquer circunstância. Por exemplo, benzer-se com ela ao sair ou entrar na igreja, em casa ou no local de trabalho; ao iniciar uma oração, um serviço, uma viagem.

Para afastar do lar a influência maléfica dos demônios, é muito aconselhável borrifar de vez em quando a casa com algumas gotas de água benta.

Receba também em sua casa um frasco de água benta. Entre em contato através do e-mail:

[email protected]

Ou fale conosco pelo telefone:

(11) 2971-9040

Assim, quando você sentir alguma irritação estranha, faça um sinal-da-cruz com água benta e reze uma pequena oração. Depois, preste atenção no efeito que produz: em geral a serenidade e a paz logo voltarão ao seu coração.

| print | email Indicar |
4.2439024390244
Votos: 41
Todos os direitos de copyright reservados a Associação Católica Nossa Senhora de Fátima.